Como escolher o melhor equipamento

Uma das áreas de negócio da Metis é o comércio de equipamentos: servidores, portáteis, equipamentos de rede, impressoras, etc.

Não é estranho encontrar responsáveis de negócios que fazem a gestão do seu parque informático com compras no momento. sem grande planificação, só porque estavam num determinado centro comercial ou porque fizeram uma pesquisa por material barato num site na Internet. Quando não se tem conhecimentos técncios sobre um determinado assunto e o único critério é comprar barato, a coisa não pode correr bem: estas escolhas levam a um parque informático mal consolidado, com desempenho irregular e representam um risco de segurança e de funcionamento do próprio negócio.

Por trás destas decisões está o facto de ser raro uma pequena empresa poder dar-se ao luxo de ter um responsável de IT a tempo inteiro, cabendo todas as decisões ao gerente. Um gerente nesta posição está habituado a ter que tomar decisões apressadas, sem recorrer a ninguém porque é assim que se habituou ou por não confiar em parceiros. Queremos ajudá-lo a ultrapassar estes receios e a melhorar a qualidade geral do seu parque informático.

Na Metis trabalhamos com os principais distribuidores nacionais e internacionais, para além dum conjunto de distribuidores mais especializados, com o intuíto de garantir o maior leque de equipamentos disponíveis para os nossos clientes.

Quando um cliente faz um pedido, nós dedicamos um tempo a analisá-lo:

  • Identificar as eventuais restrições financeiras do cliente: se pode ser pago a pronto ou é preferível optar por um financiamento.
  • Entender as necessidades e expectativas do cliente: quê espera conseguir fazer com o equipamento e quais o requisitos mínimos, mas também os requisitos a longo prazo.
  • Comprovar as condições onde o equipamento será usado: comprovar que as condições de instalação e uso são as adequadas ou se é preciso acondicionar o local ou até sugerir um equipamento alternativo.

Com as ideias claras, analisamos as ofertas no mercado:

  1. Preferência para equipamento imediatamente disponível (material que deve ser encomendado pode demorar semanas a chegar)
  2. Rever promoções existentes, para poder ofertar um melhor preço
  3. Comparamos o equipamento pedido com o de outras marcas ou modelos semelhantes para poder apresentar um cenário mais completo.
  4. Apresentamos aquela que achamos ser a melhor proposta e se o cliente apresentar alguma objeção, o processo é reiniciado com os novos requisitos.

Como diz o provérbio: “Se quer ir rápido, vá sozinho. Se quer ir longe, vá em grupo.”. Nos queremos ajudá-lo a ir longe e para isso queremos ganhar a vossa confiança para fornecer os equipamentos certos a preços justos.

Da próxima vez que precisar equipamento, contacte-nos e deixe-nos ajudá-lo.