scam-artistNo concelho de Valongo alguns comerciantes têm sido alvo de burlas.
A burla consiste em prometer algum tipo de publicidade do comércio como a distribuição de folhetos, guias, inserção dos seus dados em páginas Web, promoção do comércio no Facebook, etc. No meio da conversa podem dar
a entender que há algum tipo de ligação com a câmara ou a junta de freguesia.
Em troca destes serviços, o comerciante só tem que adiantar um valor anual relativamente baixo, como por exemplo 30 ou 60€.
Se o comerciante paga, no melhor dos casos receberá uma folha que diz “recibo” ou “recibo provisório”.
Provavelmente nunca cheguem a ver nem os serviços prometidos nem o dinheiro de volta.

Como evitar a burla?

Em suma: usem o senso comum. Todos estamos sujeitos a ser alvo de burlas, mas não é necessário facilitar demasiado as coisas. Lembrem-se que se realmente querem promover os vossos negócios há empresas especializadas nisso.

Se tiverem dúvidas, contactem-nos para o podermos ajudar.