Verificar a segurança da sua conta Google

A sua conta Google pode ser muito importante para si porque poderá ser o ter o seu email primário com o GMail, é lá que tem todos os emails enviados e recebidos, mas também usa o Google Drive para guardar alguns ficheiros ou também onde guarda as suas fotografias do telemóvel e onde guarda as cópias de segurança do seu telemóvel Android para o poder repor quando quiser. Mesmo que não ache assim tão importante, não achará aceitável que alguém possa aproveitar uma oportunidade para usar a sua conta para bisbilhotar nas suas fotos ou enviar emails com o seu nome.

A Google oferece um serviço de verificação da privacidade da sua conta em https://myaccount.google.com/security-checkup. Lá pode ver resumidamente o estado de segurança de acordo com os seguintes critérios:

Eventos de segurança recentes: últimas atividades com a sua conta, alterações de senha, etc. Classificando os eventos com “Sim, fui eu” ou “Não, não fui eu” ajuda a Google a identificar comportamentos suspeitos e a identificar aquelas condições mais seguras.

Acesso de terceiros: lista todas as aplicações que têm permissões para aceder às suas contas, como pode ser a Facebook, Instagram, ou outras aplicações. Se alguma aplicação já não precisar de ter acesso ou se lhe concedeu permissão por engano, aqui pode remover essa aplicação.

Os seus dispositivos: todos os seus dispositivos (computador, tablet, telemóvel, etc) a partir dos quais já foi acedida a sua conta. Se não reconhecer algum deles ou se já não o possui, pode removê-lo da lista.

Confirmação em dois passos: aqui pode ativar a verificação de acessos com dois meios distintos, como por exemplo usar uma senha e introduzir um código recebido por SMS ou bem confirmar o acesso diretamente no seu telemóvel.

Uma verificação numa das minhas contas mostrou o seguinte resultado:

A verificação aponta para 3 problemas no total: 2 eventos críticos e 1 acesso de terceiros.

Os eventos críticos são duma tentativa falhada de acesso com um cliente de email.  Neste caso, confirmei ambos eventos com um “Sim, fui eu” para que potenciais futuros acessos com o mesmo cliente de email não sejam necessariamente bloqueados.

O problema com acesso de terceiros está relacionado com o primeiro porque dei a minha senha à aplicação de correio.

Numa outra conta, o problema tinha que ver com um dispositivo que já desativei há mais de 2 meses. A Google reconheceu que esse dispositivo não tinha atividade há muito tempo, inabilitou-o para aceder à conta e ainda propôs removê-lo, coisa que fiz.

Não deixe para outro dia: já a seguir vá para a sua conta e faça a verificação de privacidade e comprove que tudo está como deve. Os hackers não precisam de mais ajuda!