Fim do suporte para Windows 7, Windows Server 2008 R2 e Office 2010

Em Janeiro de 2020 (e já só faltam 2 meses!) a Microsoft deixará de dar suporte gratuito ao sistema operativo Windows 7 em desktops (https://www.microsoft.com/en-us/microsoft-365/windows/end-of-windows-7-support) e portáteis e ao Windows Server 2008 R2 em servidores (https://support.microsoft.com/en-us/help/4456235/end-of-support-for-windows-server-2008-and-windows-server-2008-r2). Quer isto dizer que, a partir de janeiro de 2020, estes sistemas deixam de receber atualizações gratuitas. Apesar de as atualizações ser sempre inoportunas e por vezes criar problemas, são também as que garantem que as vulnerabilidades detetadas sejam corrigidas e resolvem muitas falhas. Sem estas atualizações, qualquer nova falha que vier a ser descoberta não será corrigida. Com o tempo estes sistemas serão extremamente vulneráveis e facilitarão a distribuição de malware.
Possuir um antivírus não garantirá a segurança do sistema.

Quem ainda possuir o Windows 7, tem a possibilidade de comprar o upgrade para o Windows 10. Outras opções são, tendo em conta que se possui uma máquina com o Windows 7 provavelmente a máquina já tem uns anos, comprar um novo computador que já incorpore o Windows 10 Pro. Se o dinheiro é um fator limitativo, os computadores recondicionados ão uma opção muito atrativa.

Se tiver um servidor a correr o Windows Server 2008 R2, é já o momento de mudar. Pode optar por aquirir um novo servidor com o Windows Server 2019 e mais adaptado à realidade da sua empresa atual (o Windows Server 2008 R2 foi lançado há 10 anos atrás!). Dependendo do uso que dá ao servidor, pode ponderar a migração para a plataforma Office 365, que permite a partilha de informação, emails, chats, etc, tudo de forma nativa e sem infraestrutura local. Algumas das tarefas realizadas tradicionalmente no servidor (bases de dados, backups, etc) podem ser migradas para a plataforma Azure.

Ainda a usar o Office 2010 porque é mais que suficiente para as suas necessidades? Pode ser, mas a Microsoft vai descontinuar o suporte para esta versão em outubro de 2020. Mais uma vez, trata-se duma relíquia com 10 anos de antiguidade. Novas vulnerabilidades não serão resolvidas. Se ainda não vio o Office 365, vale a pena dar uma espreitadela: não é só o Office como todas as funcionalidades que o acompanham.

Se ainda está indeciso, ou se já ficou convencido a mudar, fale connosco para conhecer as melhors opções de acordo com o se negócio e a sua realidade. Dámos-lhe a informação necessária e ajudamos a planificar a transição com o menor impacto possível.